Prefeitura Municipal de Nova Laranjeiras
Funcionamento: Segunda à Sexta das 8h às 11:30h, e das 13h às 17:30h

Notícias

EMATER e Secretaria de assistência Social de Nova Laranjeiras Realizam o 1º Seminário Municipal do Programa Família Paranaense- Renda Agricultor.

EMATER e Secretaria de assistência Social de Nova Laranjeiras Realizam o 1º Seminário Municipal do Programa Família Paranaense- Renda Agricultor.

 O evento realizado na última sexta-feira, 15 de dezembro de 2017, em Nova Laranjeiras reuniu mais de 60 Famílias beneficiárias do projeto renda agricultor do município. 

Estavam também presentes, o Chefe regional da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB) Valdemir Almeida, o Gerente Regional do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Paraná (EMATER) Deomar Marcos Fracasso, o Chefe Regional da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social (SEDS) Antônio Airton Mattos da Silva, o Coordenador Regional do Projeto Renda Agricultor Lucas Travassos Deda, o Secretário Municipal de Assistência Social Jose Luiz Wittmann, o Secretário Municipal de Agricultura Victor Luiz Zago e a Extensionista Municipal da Emater de Nova Laranjeiras Daiani da Cruz Hartman. 
Na abertura as autoridades comentaram sobre a importância do programa Família Paranaense e do projeto Renda Agricultor Familiar, que vem beneficiando muitas famílias no Estado. E que o Governo está lutando para que mais famílias sejam beneficiadas.

Foram ministradas três palestras sobre os assuntos, Gestão na propriedade Rural, pelo Engenheiro Agrônomo da EMATER de Espigão Alto do Iguaçu, Alcindo Penso; Paisagismo rural, pela a Engenheira Agrônoma da EMATER de Virmond, Carla Cristina Piaia; e Despertar para o Empreendedorismo, pela a Assistente Social do escritório regional da EMATER de Cascavel, Jussara Walkowicz. 
Visando motivar os beneficiários, e mostrar que o recurso bem investido irá trazer novas perspectivas para as famílias que vivem no meio rural, visando dar condições para que caminhem sozinhas e vivam com dignidade do fruto de seu trabalho.

O projeto Renda Agricultor familiar é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB) e do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Paraná (EMATER). E integra o Programa Família Paranaense que é coordenado pela Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social (SEDS). 
O projeto visa ofertar ações que contribuam significativamente para a realidade das famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social e subsistem por meio das unidades de produção familiar onde residem e trabalham. E busca de forma gradativa, levar as famílias a alcançarem um novo patamar de inclusão social e econômica, através do acesso aos programas de transferência de renda, da ampliação da sua infraestrutura produtiva, aumento da produtividade para autossustento e geração de excedente que poderá ser comercializado.

O município de Nova Laranjeiras está entre os 156 municípios prioritários do Programa Família Paranaense, e com relação ao Renda Agricultor Familiar, na região de Laranjeiras do Sul foram aprovados mais de 300 projetos, destes, 20% são de Nova Laranjeiras. 
Os projetos tem como foco a melhoria da qualidade da água e do saneamento básico, a melhoria da produção de alimentos para o autoconsumo ou para a geração de renda, além de produções não agropecuárias (artesanatos, costura, salão de beleza), também para a geração de renda.

A Extensionista Municipal da Emater de Nova Laranjeiras, Daiani da Cruz Hartman, explica que, além de serem acompanhadas pelo programa Família Paranaense, para inclusão no Renda Agricultor Familiar, as famílias devem viver na área rural, sobreviver da agricultura e ter renda per capita mensal de até R$ 170 por mês. 
“Quando selecionadas, elas recebem o benefício fixo no valor de R$ 2 mil ou R$ 3 mil, pago em parcelas de R$ 1 mil. Esse recurso deve ser investido em um projeto pré-definido entre a família e a técnica da Emater, conforme sua necessidade”, conta Daiani. 
Segundo Daiani, da elaboração até a implantação do projeto as famílias são acompanhadas e orientadas pelas equipes técnicas da EMATER e das secretarias municipais, que também avaliam os resultados alcançados.

Agradecimentos: A toda a equipe da secretaria de assistência social, em especial as Assistentes Sociais Cheila e Cleidiane e a Psicóloga Thalita. A equipe da secretaria de agricultura. Ao responsável pelo setor de transporte, Orli. E ao prefeito Municipal Lineu Gomes pelo apoio.

21/12/2017