Funcionamento: Segunda à Sexta das 8h às 12:00h, e das 13h às 17:00h

Notícias

Primeira unidade básica de saúde indígena do Brasil com alta tecnologia

Matéria na íntegra

Os investimentos foram viabilizados a partir de parcerias entre a Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Organização Pan Americana da Saúde (OPAS/OMS), VALE S/A, HILAB, BemBras (CNOGA, Sistema Autônomo de Internet via satélite, mini usina fotovoltaica, Sociedade Brasileira da Patologia, BioMoviment, Hospital Israelita Albert Einstein, Universidade Federal do Rio Grande do Norte e Associação Médicos da Floresta.

Trata-se de um projeto piloto que consiste em estratégia para o fortalecimento da atenção primária e acesso à atenção secundária utilizando equipamentos de saúde de ponta e tecnologias de informação e comunicação (TIC).

A SESAI é a secretaria do Ministério da Saúde responsável pelas ações de atenção primária à saúde indígena, realizadas por meio dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas. No caso do estado do Paraná, o DSEI Litoral Sul é o responsável por gerir e executar as ações de saúde indígena. Nesse piloto, a SESAI e o DSEI Litoral Sul são os gestores do projeto .

O objetivo desse projeto, a partir da implementação de equipamentos, doados pelas empresas parceiras, bem como da incorporação de tecnologias, é avançar na oferta de serviços de saúde, bem como melhorar a qualidade e resolutividade da atenção à saúde indígena.

Nesse aspecto, sendo a rede municipal de saúde do SUS referência para essa população, a parceria com o Município de Nova Laranjeiras é fundamental para garantir a integralidade da atenção à saúde, uma vez que a Unidade Basica de Saúde Indígena é apenas um ponto de atenção na rede de saúde e necessita integrar com toda a rede municipal, regional e estadual de saúde.

É destaque que com essa conquista toda a comunidade índigena de Nova Laranjeiras se beneficie, o Prefeito Fábio acompanhou de perto, juntamente com as lideranças índigenas o desenvolvimento até a inauguração do projeto.

De acordo com Chefe da Atenção à Saúde Indígena do DSEI Litoral Sul, André Martins, esse piloto é projeto inovador na saúde indígena, especialmente em função da incorporação de tecnologia na atenção básica, permitindo maior acesso e resolutividade.
 
PRESENÇAS:
 
A cerimônia contou com a presença do Ministro de Estado da Saúde Marcelo Antônio Cartaxo Queiroga Lopes, Representante da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde no Brasil, Socorro Gross; Secretário Especial de Saúde Indígena Robson Santos da Silva; Coordenador do Distrito Sanitário Especial Indígena Litoral Sul, Valter Viana; Prefeito Municipal de Nova Laranjeiras Fábio Roberto dos Santos e a Primeira Dama Emerenciane Mendes; Secretária de Saúde de Nova Laranjeiras Juceli Carmen Brugnerotto Balbinoti; Cacique da Comunidade Indígena Rio das Cobras Ângelo Rufino entre outras autoridades e lideranças locais, o evento aconteceu para fazer o lançamento do projeto piloto da Unidade Avancada de Saúde Indigena (UASI),
 
Texto: Assessoria de Comunicação, Secretaria de Saúde e Secretaria de Atenção Primária da (SESAI)

 
26/11/2021